{Resenha} Uma História de Notáveis Caçadores de Sombras e Seres do Submundo

sexta-feira, 10 de março de 2017

Uma História de Notáveis Caçadores de Sombras e Seres do Submundo

Sinopse
"Em Uma história de notáveis Caçadores de Sombras e seres do Submundo - contada na linguagem das flores, Cassandra Jean mergulha nos personagens criados por Cassandra Clare nas séries Os Instrumentos Mortais, As Peças Infernais e Os Artifícios das Trevas, reunindo características e ficha técnica de nomes como Jace Wayland, Magnus Bane e Tessa Grey. Comparando cada um deles a uma flor, e com belas ilustrações, ela cria um guia para os amantes dessas histórias... e para os que desejam começar a conhecê-las."
O que achei
Uma História de Notáveis Caçadores de Sombras e Seres do Submundo (puta nome gigantesco), é um livro de ilustrações da Cassandra Jean, famosa pelas suas fanarts relacionadas ao universo Shadowhunters, junto com a Cassandra Clare. Cassie, ama o trabalho da xará, sempre compartilha e faz deles a arte oficial de suas obras.
"Atualmente, Church está aposentado e mora na praia."
O livro é todo ilustrado na linguagem das flores, ou seja, cada personagem é relacionado à uma flor específica e desenhado em meio à mesma. É um trabalho conectado à todas as obras Shadowhunters de Cassie, por isso contém alguns spoilers. A obra é bem similar ao tarô Shadowhunter, também feito por Cassandra Jean, só que em formato de livro. Eu não imaginava que esse livro seria produzido aqui, já que lá fora ele foi publicado meio que de forma independente pelas autoras, pelo menos inicialmente. Pontos pra Galera Record por trazê-lo pra gente. (Só podia ter sido em capa dura também né?)

{Resenha} Corações Feridos

quarta-feira, 8 de março de 2017


"Hephzibah e Rebecca são irmãs gêmeas, mas muito diferentes. Enquanto Hephzi é linda e voluntariosa, Reb sofre da Síndrome de Treacher Collins — que deformou enormemente seu rosto — e é mais cuidadosa. Apesar de suas diferenças, as garotas são como quaisquer irmãs: implicam uma com a outra, mas se amam e se defendem. E também guardam um segredo terrível como só irmãos conseguem guardar. Um segredo que esconde o que acontece quando seu pai, um religioso fanático, tranca a porta de casa. No entanto, quando a ousada Hephzibah começa a vislumbrar a possibilidade de escapar da opressão em que vive, os segredos que rondam sua família cobram-lhe um preço alto: seu trágico fim. E só Rebecca, que esteve o tempo todo ao lado da irmã, sabe a verdadeira causa de sua morte... Hephzi sonhara escapar, mas falhara. Será que Rebecca poderia encontrar, finalmente, a liberdade?"

"Hoje eles tentaram me fazer ir ao funeral da minha irmã. E eu, por fim, tive que ceder." - Rebecca
Como foi difícil começar a resenha sobre esse livro. Corações Feridos, traz consigo uma carga emocional muito intensa. Duas irmãs. Gêmeas. Que dividem segredos assustadores. Assim somos apresentados ao enredo que conduz uma história que choca ao mesmo tempo em que retrata a realidade de tantas famílias que se escondem atrás de muros perfeitos, mas que por dentro não passam de paredes que choram em silêncio.

{Resenha} A Rebelde do Deserto

segunda-feira, 6 de março de 2017


"O deserto de Miraji é governado por mortais, mas criaturas míticas rondam as áreas mais selvagens e remotas, e há boatos de que, em algum lugar, os djinnis ainda praticam magia. De toda maneira, para os humanos o deserto é um lugar impiedoso, principalmente se você é pobre, órfão ou mulher. Amani Al’Hiza é as três coisas. Apesar de ser uma atiradora talentosa, dona de uma mira perfeita, ela não consegue escapar da Vila da Poeira, uma cidadezinha isolada que lhe oferece como futuro um casamento forçado e a vida submissa que virá depois dele. Para Amani, ir embora dali é mais do que um desejo — é uma necessidade. Mas ela nunca imaginou que fugiria galopando num cavalo mágico com o exército do sultão na sua cola, nem que um forasteiro misterioso seria responsável por lhe revelar o deserto que ela achava que conhecia e uma força que ela nem imaginava possuir."
Com uma narrativa empolgante e um ritmo excelente, A Rebelde do Deserto conta com um dos meus principais requisitos para amar um livro: uma protagonista forte, decidida, e que faz de tudo para alcançar seus objetivos. Amani cresceu em meio à adversidade, física e psicológica, mas isso não a impediu de sonhar e lutar por uma vida melhor, escapando da opressão do tio que a quer submissa em um casamento forçado.