{Resenha} Crimson Dagger

segunda-feira, 19 de junho de 2017

{Resenha} Crimson Dagger
Sinopse
"Nesse conto, que se passa antes dos eventos de A Queda dos Reinos, Príncipe Magnus é acordado por uma visitante inesperada – em sua cama. Uma olhada em seus ferozes e odiosos olhos, e Magnus sabe exatamente quem ela é: Kara Stolo. Dez anos atrás, quando ainda era um garotinho assustado, ele disse uma mentira que mudou a vida de Kara irreparavelmente. Como resultado, o pai da garota foi aprisionado injustamente, acorrentado na masmorra escura abaixo do palácio, onde ele deveria permanecer até sua morte. Agora, Kara está de volta para se vingar pela punição de seu pai. E tem mais. Kara acredita que seu pai ainda está vivo, e ela precisa da ajuda de Magnus para libertá-lo, se não..."
O Que Achei
Nesse conto, que se passa anteriormente aos acontecimentos de "A Queda dos Reinos", acompanhamos Magnus em uma pequena aventura relacionada ao seu passado. A história é bem pequena, tem apenas 21 páginas, e só está disponível por meio de ebook em inglês. É realmente mais um flavour, um mimo para os fãs. (Se tiver muitos pedidos, posso fazer uma tradução livre desse conto, já que ele é realmente curtinho, e disponibilizar pra vocês).
"Mas a vida é uma série de ferimentos. Nossas cicatrizes são como os aneis em um tronco de uma árvore, mostrando seu progresso pela vida. Como nos curamos e seguimos em frente pelas adversidades... isso é o que faz a diferença." - Calum
Um Magnus um pouco mais jovem é acordado por alguém de seu passado, alguém que teve a vida virada de ponta cabeça devido à uma atitude impensada de um garotinho. Kara Stolo sobreviveu, e ela quer vingança pelo que foi tirado dela. Mas mais do que isso, ela quer que o Príncipe a ajude a descobrir se seu pai ainda está vivo e consiga um jeito de libertá-lo, caso a informação seja real. Porém, Magnus não precisa e nem quer ajudá-la, ou quer? Ele é o príncipe de Limeros e qualquer atitude suspeita levaria Kara direto para a prisão, ou até mesmo pior. Por meio de flashbacks que nos mostram um pequeno príncipe Magnus, podemos acompanhar alguns dos acontecimentos que formaram sua personalidade, incluindo sua percepção sobre aquele que lhe marcou para sempre.
"-Garotas podem ser perigosas. Especialmente garotas que parecem pequenas e inocentes.
-Eu tenho que me lembrar disso." - Kara e Magnus
O conto, por ser pequeno, acontece de forma rápida, o que me fez tirar a meia estrela foi exatamente isso, eu queria ter visto mais, não que tenha sido apressado, mas eu queria mais conteúdo. Foi muito bacana ver o Magnus criancinha e um pouco de como ele se sentiu com acontecimentos importantes em sua vida, mas nem tão bom sentir ciúmes dele com outras garotas (pela Cleo, claro cof cof). Não que exista um romance no conto, mas a Kara está ali e bem, o Magnus nunca negou seus affairs com as damas do palácio não é mesmo? Confesso que quando fui ler esperava uma trama diferente, não sabia nem a sinopse e não foi o que eu esperava, foi ótimo, mas não o que eu queria. A escrita da Morgan continua fluida e gostosa de ler. Dá pra engolir o conto em minutos!

Crimson Dagger

Se você é fã da série "A Queda dos Reinos" e, mais ainda, é fã do Príncipe Magnus Damora (melhor príncipe que você respeita), então vai adorar ler "Crimson Dagger"!
"A memória da filha deles, Princesa Cleiona, da mesma idade de Lucia, com um brilhante cabelo dourado, que combinava com o sol quente de Auranos, o deu esperança, desde o retorno deles para a congelada e triste Limeros, que seu futuro poderia ser tão brilhante quanto." - Magnus
Nota
Sentimento

Nanda

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário