{Resenha} Por Lugares Incríveis

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Por Lugares Incríveis - Resumo

Sinopse
"Violet Markey tinha uma vida perfeita, mas todos os seus planos deixam de fazer sentido quando ela e a irmã sofrem um acidente de carro e apenas Violet sobrevive. Sentindo-se culpada pelo que aconteceu, Violet se afasta de todos e tenta descobrir como seguir em frente. Theodore Finch é o esquisito da escola, perseguido pelos valentões e obrigado a lidar com longos períodos de depressão, o pai violento e a apatia do resto da família. Enquanto Violet conta os dias para o fim das aulas, quando poderá ir embora da cidadezinha onde mora, Finch pesquisa diferentes métodos de suicídio e imagina se conseguiria levar algum deles adiante. Em uma dessas tentativas, ele vai parar no alto da torre da escola e, para sua surpresa, encontra Violet, também prestes a pular. Um ajuda o outro a sair dali, e essa dupla improvável se une para fazer um trabalho de geografia: visitar os lugares incríveis do estado onde moram. Nessas andanças, Finch encontra em Violet alguém com quem finalmente pode ser ele mesmo, e a garota para de contar os dias e passa a vivê-los."
O Que Achei
Por Lugares Incríveis nos apresenta uma história marcante que começa de forma inusitada: os dois protagonistas estão prestes a cometer suicídio, quando se encontram, e acabam se envolvendo depois disso.


Violet não tem mais prazer em viver desde que sua irmã mais velha morreu. Com pouca diferença de idade, as duas eram muito próximas, e Violet se culpa pela morte, deixando de escrever e fazer outras coisas que adora pois simplesmente não consegue encontrar vontade para mais nada. Já Finch é filho de pais divorciados, com uma mãe ausente, duas irmãs e um pai com uma nova família, com quem seu relacionamento nunca foi bom. Finch recentemente se ausentou do colégio por várias semanas, e ele mesmo se refere à esse período como um dos vários em sua vida em que ele estava “apagado”, e que ele luta constantemente para se manter “acordado”. Aos poucos vamos entendendo o que ele quer dizer com isso, e também compreendendo como a dinâmica da sua família o afeta.

Após esse encontro inusitado, Finch se sente atraído por Violet de várias formas e enxerga uma forma de ficar perto da garota através de um projeto da aula de Geografia, em que devem visitar dois lugares do estado de Indiana (onde se passa a história). Violet acaba aceitando fazer o trabalho com Finch, e eles acabam se aventurando por vários locais, enquanto sua conexão cresce e eles se tornam amigos, e mais que amigos.

"Espalhados lá embaixo por todos os lados, estão pequenas luzes brancas e aglomerados escuros de árvores. Estrelas no céu, estrelas no chão. Não sei dizer onde o céu termina e a terra começa. Odeio admitir, mas é lindo. Sinto necessidade de dizer algo grande e poético, mas a única coisa em que consigo pensar é:
- É adorável.
- "Adorável" é uma palavra adorável que deveria ser usada mais vezes."
 -Finch e Violet

A narrativa da Jennifer Niven é uma maravilha à parte. Delicada, simples, mas cheia de significado. Eu me senti imersa em todas as “andanças” de Violet e Finch, inclusive terminando o livro com uma vontade imensa de visitar Indiana (todos os lugares que são citados na história são reais, inclusive o final do livro conta com um mapa mostrando suas localizações). Os sentimentos de perda, dor, superação, amizade, amor… todos são tão vividamente descritos no livro, mas de forma tão sutil, que é impossível não se apaixonar por cada aspecto da história. Os personagens foram construídos de forma bem real, com seus medos e inseguranças sendo explorados ao mesmo tempo em que os sentimentos de amor e amizade cresciam, ajudando a equilibrar o clima do livro, mas não deixando de ser um tanto quanto melancólico.

Por Lugares Incríveis

O livro é narrado em primeira pessoa pelos dois personagens, em capítulos precedidos por seus nomes, e isso contribui ainda mais para criar empatia com os dois lados, uma vez que acompanhamos sua jornada de um jeito mais pessoal. Além disso, os personagens secundários são bem estruturados e possuem papéis importantes no desenrolar da história.

Não vou falar nem sobre o que senti ao final do livro, pois não quero dar spoilers, só digo que foi intenso, e me deixou com uma ressaca literária bem grande, mas isso vocês terão que ler para descobrir.

Por fim, resta dizer que a edição brasileira do livro é linda, com uma capa maravilhosa e que faz todo sentido com a história (embora diferente da original). Pensei em muitos livros para "inaugurar" minha primeira resenha no blog, e me decidi por este que é um dos favoritos da minha vida. E já que Por Lugares Incríveis é um livro que não canso de recomendar, espero que vocês gostem tanto quanto eu.

Sentimento




NotaCórnio

Paula

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário