{Resenha} Contra Todas as Probabilidades do Amor

domingo, 18 de fevereiro de 2018

Resenha Contra Todas as Probabilidades

Sinopse
Sejam bem-vindos ao acampamento Pádua. Um retiro de verão para adolescentes problemáticos. Mas não se tratam de problemas comuns, como não querer estudar, mentir ou colar na prova. Não! Estamos falando de problemas reais. Alguns deles tão grandes, tão sérios, que até um adulto desmoronaria sob o peso deles. No acampamento, Zander, uma garota enviada pelos pais contra a sua vontade, encontra uma série de adolescentes na mesma situação, e com três deles ela estabelece uma relação de amizade — Grover, Alex e Cassie. Todos os quatro são tão diferentes quanto as pessoas podem ser, mas têm algo em comum — eles estão quebrados por dentro. Em meio às sessões de grupo e, à medida em que o verão dá as caras, os quatro revelam seus trágicos segredos. Zander encontra-se atraída pelos encantos de Grover, e então começa a se perguntar, depois de muito tempo, se pode apostar em ser feliz novamente.
Mas, antes, ela precisa lidar abertamente com seus problemas, para poder juntar seus pedaços e reconstruir sua vida 
O Que Achei
"Mas pelo menos sou honesta a respeito de quem sou eu. Só para esclarecer: as pessoas que são realmente loucas não sabem que são loucas"
De acordo com Zander Osborne, de dezesseis anos, sua vida vai bem como está. No entanto seus pais tem algo diferente em mente, quando insistem que ela vá para o Acampamento Pádua, um retiro de verão para adolescentes em risco. O livro, escrito em tempo presente, é narrado em primeira pessoa por Zander, desse modo vamos acompanhando os acontecimentos a medida em que ela os vivencia.

No Acampamento Pádua, em Michigan, Rebekah Crane reúne um grupo de adolescentes desajustados, unidos por seus vários problemas e distúrbios. Todos eles lutam com algo que faz com que seja difícil encarar a vida todos os dias. A princípio, nossa protagonista, acha que seus pais se enganaram ao mandá-la para lá, já que ela não se encaixa nesse grupo de adolescentes problemáticos. Entretanto, à medida que sua jornada progride, ela vai aprender mais sobre si mesma.

{Resenha} O Homem de Lata

Resenha O Homem de Lata

Sinopse
Em 1963, Ellis e Michael eram dois garotos de doze anos que se tornaram grandes amigos. Durante muito tempo, sempre foram apenas os dois, andando pelas ruas de Oxford, um ensinando ao outro coisas como nadar, descobrir autores e livros e a esquivar-se dos punhos de seus pais dominadores. Até que um dia algo muito maior que uma grande amizade cresce entre eles. Mas então, avançamos cerca de uma década nesta história e encontramos Ellis, agora casado com Annie, e Michael não está mais por perto. O que leva à pergunta: o que aconteceu nos anos que se seguiram? Esta é quase uma história de amor. Mas seria muito simples defini-la assim.
O Que Achei
"E você meu amigo galvanizado, quer um coração. Você não sabe o quão sortudo é por não ter um. Corações nunca serão práticos enquanto não forem feitos para não se partirem..."- O Mágico de Oz
Desde que a Faro anunciou a publicação desse livro fiquei morrendo de vontade de lê-lo. Sarah Winman nunca chegou a fazer parte do meu cotidiano literário, mas, ao entender a premissa de O Homem de Lata, eu soube, instantaneamente, que precisava conhecer aquela obra. Então, quando recebi minha cópia, parei tudo o que estava fazendo e me dediquei a leitura.

O Homem de Lata é uma história sobre amor. Do primeiro amor e também da perda. O romance de Michael, Annie e Ellis. Um conto de cura.

{Faro Editorial} Lançamentos de Fevereiro 2018

sábado, 17 de fevereiro de 2018


Olá, leitores!

A Faro Editorial, parceira do blog, lança em fevereiro dois títulos que vão agradar, tanto o público mais romântico, quanto aqueles que apreciam uma boa dose de terror.

Para começar, temos A Era dos Mortos, a aguardada primeira parte do desfecho da saga As Crônicas dos Mortos, do autor Rodrigo de Oliveira. Em contrapartida, o romance Tudo Que Acontece Aqui Dentro, marca a estreia do cronista Julio Hermann no cenário jovem-adulto, com um livro repleto de crônicas sobre o amor.

Confira, com detalhes, os lançamentos do mês:

{Resenha} Cidade dos Ossos

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

{Resenha} Cidade dos Ossos




"Um mundo oculto está prestes a ser revelado... Quando Clary decide ir a Nova York se divertir numa discoteca, nunca poderia imaginar que testemunharia um assassinato - muito menos um assassinato cometido por três adolescentes cobertos por tatuagens enigmáticas e brandindo armas bizarras. Clary sabe que deve chamar a polícia, mas é difícil explicar um assassinato quando o corpo desaparece e os assassinos são invisíveis para todos, menos para ela. Tão surpresa quanto assustada, Clary aceita ouvir o que os jovens têm a dizer... Uma tribo de guerreiros secreta dedicada a libertar a terra de demônios, os Caçadores das Sombras têm uma missão em nosso mundo, e Clary pode já estar mais envolvida na história do que gostaria."
O que achei

ALL THE STORIES ARE TRUE. Creio que Os Instrumentos Mortais (The Mortal Instruments) já seja uma figurinha repetida entre milhares de resenhas em blogs literários. Mas, ao combinar uma releitura conjunta com as amigas, eu não pude deixar passar batida a vontade de finalmente resenhar uma das minhas séries de livros preferida. Livros que mudaram a minha vida e me apresentaram um novo mundo cheio de oportunidades e amizades.

Não é fácil pra mim analisar friamente uma obra na qual meus mais profundos e lindos sentimentos estão enterrados. Então me desculpem se essa for uma resenha um pouco parcial.

Nossa história começa em um dia normal de uma adolescente do ano de 2007, ou será que ela é tão normal quanto acredita?

{Resenha} Mil Beijos de Garoto

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

{Resenha} Mil Beijos de Garotos
Sinopse
"Um beijo dura um instante. Mas mil beijos podem durar uma vida inteira. Um garoto. Uma garota. Um vínculo que é definido num momento e se prolonga por uma década. Um vínculo que nem o tempo nem a distância podem romper. Um vínculo que vai durar para sempre. Ao menos era o que eles imaginavam. Quando, aos dezessete anos, Rune Kristiansen retorna da Noruega para o lugar onde passou a infância – a cidade americana de Blossom Grove, na Geórgia –, ele só tem uma coisa em mente: reencontrar Poppy Litchfield, a garota que era sua cara-metade e que tinha prometido esperar fielmente por seu retorno. E ele quer descobrir por que, nos dois anos em que esteve fora, ela o deletou de sua vida sem dar nenhuma explicação."
O Que Achei
Poppy e Rune, para sempre e sempre. Os dois se conectaram desde crianças, aprenderam com perdas e mudanças a se apoiar, perceberam um no outro aquilo que muita gente procura: a parte do quebra-cabeça que faltava. Mas, nem sempre o universo é justo. E o que era pra ser pra sempre, pode ser que acabe.
"Corações de luar e sorrisos de raio de sol." - Vovó
Rune veio da Noruega ainda criança e, depois de alguns anos ao lado da carismática e excêntrica Poppy, teve que voltar a contragosto com a família para o país natal por algum tempo. Ficar tão distante da metade de seus corações foi uma das coisas mais difíceis para os dois, mas eles prometeram que esperariam, prometeram que se manteriam em contato, prometeram que aquele pote com a recordação de mil beijos, dado a Poppy por sua avó, seria preenchido apenas com beijos entre os dois. Até que Poppy e sua família mudaram de cidade, e ela nunca mais retornou às mensagens e ligações.

Dois anos depois, um Rune, completamente mudado e enegrecido pelos momentos de separação e abandono pelos quais passou, está de volta. Poppy retornara recentemente de uma difícil mudança e reencontrar Rune vai abalar totalmente sua vida. Porém, algumas pessoas e situações são feitas pra nós, e eles foram feitos para se reencontrar e para se apoiar. Seguir os caminhos que eles vão percorrer será uma doce e dolorosa aventura.